Peça “Severinos, Virgulinos e Vitalinos” une circo, teatro e música

0

*Informações da Assessoria de Imprensa

Depois de encher os teatros nas últimas edições do Festival Recife de Teatro Nacional e Janeiro de Grandes Espetáculos, a Dispersos Cia de Teatro volta aos palcos com o espetáculo Severinos, Virgulinos e Vitalinos, desta vez para uma temporada de 10 apresentações no Teatro Arraial Ariano Suassuna até o dia 22 de abril (exceto semana santa). As apresentações acontecem sextas e sábados, às 20h, e os ingressos custam R$30 e R$15 reais. o grupo se aventura unindo os universos do circo, teatro e música com texto inédito e direção geral assinados por Samuel Santos, e direção musical de Leila Chaves e Victor Chitunda.

A peça conta a saga de dois filhos de artistas. Um é filho de palhaço e o outro de uma atriz mambembe que fugiram com o Circo e a Carroça da Divina Inspiração. Os dois partem para os confins do sertão na busca dos seus pais e acabam deparando-se com a morte (Severina), a violência (Virgulino) e com o sonho (Vitalino).  O texto traça simbolicamente a realidade do homem e sua arte nos caminhos e veredas do tempo e da vida. No espetáculo, circo, teatro e música se apresentam de mãos dadas.

Depois de uma longa pesquisa em direção à novas linguagens, ‘Severinos, Virgulinos e Vitalinos’ representa a imersão da Dispersos Cia de Teatro no universo circense e suas formas de representação popular. O espetáculo conta com Lívia Lins (Abraço) e Madson de Paula (Cordel do Amor sem Fim) no elenco e Victor Chitunda (Vento Forte Para Água e Sabão; Abraço), Leila Chaves (Abraço), Danielle Sena (Abraço) e Tiago Nunes (A Terra dos Meninos Pelados) executando a trilha sonora ao vivo.

Esse é o segundo espetáculo da Dispersos com dramaturgia inédita e repertório autoral. O grupo busca estimular a produção de novos textos e soluções musicais para o teatro. O primeiro foi “Abraço – Nunca estaremos sós”, com direção de Duda Martins e Lívia Lins, que foi indicado a seis Prêmios APACEPE de Teatro e Dança, incluindo melhor trilha sonora. A atriz Danielle Sena, que volta nesta montagem, levou o troféu de “Atriz Revelação”.  O autor do texto, Samuel Santos (O Açougueiro, A Receita, Cordel do Amor Sem Fim, A Terra dos Meninos Pelados) foi convidado pelo grupo para dirigir a montagem.

SERVIÇO: 

Severinos, Virgulinos e Vitalinos
Quando: De 17 de março a 22 de abril *exceto Semana Santa
Onde: Teatro Arraial Ariano Suassuna
Horário: 20h
Ingressos: R$ 30 e R$ 15 (meia). *Compras na bilheteria do teatro com 1h de antecedência. 

Compartilhar:

Sobre o autor

Clarissa Macau

Idealizadora, jornalista, editora e produtora da Revista Cardamomo. Formada em comunicação pela Universidade Católica de Pernambuco.